Sistema fotovoltaico: conheça os tipos de projeto e suas principais diferenças

É praticamente impossível falar sobre energia solar sem esbarrar no termo sistema fotovoltaico. A energia solar fotovoltaica é uma das principais energias renováveis, que cresce a cada ano no Brasil. Por isso, neste post, apresentamos a você os tipos de sistema fotovoltaico e suas principais diferenças.

O que é um sistema solar fotovoltaico?

Um sistema solar fotovoltaico é adotado para transformar a radiação solar em energia elétrica.

Estes sistemas são formados por células fotovoltaicas, que, por sua vez, contam com materiais semicondutores em sua constituição, como o silício. É graças ao efeito fotovoltaico que ocorre nas células que se torna possível converter, diretamente, a radiação solar em energia elétrica para os mais variados usos. 

Leia mais em: Energia Solar — por onde começar

Conheça os tipos de sistema fotovoltaico

Existem dois tipos de sistema fotovoltaico, que podem tanto ser utilizados em prédios residenciais como em prédios comerciais. O sistema fotovoltaico conectado à rede, chamado de on-grid, e o sistema fotovoltaico independente ou isolado, chamado de off-grid.

Sistema Fotovoltaico On-Grid

O sistema on-grid é conectado, obrigatoriamente, à rede de distribuição de energia. É um modelo mais eficiente que o off-grid e não necessita de baterias. 

É capaz de gerar a energia necessária para o abastecimento da casa ou empresa e não armazena a energia excedente, ao contrário do sistema fotovoltaico off-grid. Isso porque a energia que não é utilizada é enviada de volta à rede de distribuição. Essa parcela é convertida em créditos de energia, que podem ser utilizados quando a sua demanda de energia exceder a produção do sistema.

Sistema Fotovoltaico Off-Grid

O sistema off-grid funciona de forma autônoma e é, normalmente, utilizado para cercas elétricas, postes de luz, sistemas de irrigação e residências localizadas em áreas isoladas onde a rede de distribuição de energia não alcança.

É capaz de armazenar a energia excedente através de baterias, que poderá ser utilizada quando há pouca ou não há incidência solar.

No momento de optar por um sistema fotovoltaico off-grid é preciso ter em mente a demanda por energia no local e a capacidade do banco de armazenamento. Escolhendo, assim, a autonomia do banco de baterias adequada à sua necessidade. 

Qual é melhor: off-grid ou on-grid?

Ambos os sistemas fotovoltaicos solares têm seus prós e contras, o que vai pesar na decisão é a sua necessidade energética.

O sistema on-grid, como já mencionamos, é mais eficiente energeticamente. Não necessita de baterias, mas também não há armazenamento de energia. Em compensação, você terá créditos de energia que poderá usar no futuro. E se, porventura, a energia gerada não for suficiente, você pode recorrer à rede convencional.

O sistema off-grid pode ser um pouco mais caro. Há baterias e armazenamento de energia para dias sem sol e para a noite. Não precisa ser conectado à rede de distribuição de energia e não há conta de luz. E também tem a vantagem de poder ser instalado em áreas remotas. Entretanto, este sistema não é recomendado para atender cargas muito elevadas.

Em ambos os casos, é um investimento que vale a pena a longo prazo, além de ser uma escolha energética sustentável. Quer saber mais sobre sistemas solares fotovoltaicos? Entre em contato com os especialistas da 3S!

Continue lendo:

* 5 vantagens de adotar a energia solar
* Qual a diferença entre energia solar fotovoltaica e energia solar térmica?
* Energia Solar: por onde começar
* Revista 3S: nova edição foca nos impactos e perspectivas pós-pandemia Covid-19