Aneel autoriza novos projetos eólicos e de energia solar no nordeste

Bahia deve receber 14 parques eólicos e Ceará 2 projetos de energia solar, Aneel informa que os empreendimentos iniciarão em 2022

A agência reguladora de energia brasileira Aneel  autorizou a construção e operação de novas usinas eólicas e solares na região Nordeste do país.  A Ventos de São Vitor Energias Renováveis obteve aprovação para implantação de 14 unidades de geração eólica (Ventos de São Vitor 1 a 14) totalizando 465MW de capacidade nos municípios de Xique-Xique e Itaguaçu, na Bahia.

A energia elétrica produzida será transportada por uma linha de transmissão de 43 km até a subestação Gentio do Ouro II, da empresa José Maria Macedo de Eletricidade (TJMME).

Em Trairi, Ceará, a Eólica Serra do Mato Energy recebeu autorização para instalar e operar as usinas solares fotovoltaicas Serra do Mato III (47,3 MW) e IV (54,1 MW). 

As usinas serão conectadas à subestação Pecém II, operada pela Chesf. 

A construção das usinas de São Vitor e Serra do Mato está prevista para começar em abril de 2022, e o início da operação comercial está previsto para dezembro do mesmo ano. 

De acordo com a associação local Abeeólica , no final de outubro o Brasil tinha 17 GW de capacidade eólica em 12 estados. Projeta mais de 26,9 GW até 2024, considerando os leilões já realizados e os contratos firmados no mercado livre. 

A associação de energia solar fotovoltaica Absolar  informou no início de outubro que o Brasil tinha 6,7 ​​GW em operação usando a fonte, ou 1,7% da matriz elétrica do país.

Fonte: CPG